Gabby Douglas na conquista da medalha de ouro no Final Five: 'Celebramos na arquibancada'

Gabby Douglas compartilha suas idéias sobre os jogos deste ano com Glamour . Esta imagem pode conter Gabby Douglas Pessoa Humana Madison Kocian Multidão Esporte e Esportes

RIO DE JANEIRO, BRASIL - 14 DE AGOSTO: Aliya Mustafina da Rússia é parabenizada por Gabrielle Douglas dos Estados Unidos por ganhar a medalha de ouro após a Final Feminina de Barras Desiguais no Dia 9 dos Jogos Olímpicos Rio 2016 na Arena Olímpica do Rio em 14 de agosto , 2016 no Rio de Janeiro, Brasil. (Foto de Alex Livesey / Getty Images) Getty Images



Como membro do #FierceFive de 2012 e do #FinalFive de 2016, Gabby Douglas conhece bem os Jogos Olímpicos e os holofotes que os acompanham. Ainda no Rio antes do encerramento do domingo, o Porta-voz da P&G Venus arranjou tempo para falar com Glamour para uma rápida sessão de perguntas e respostas sobre a vida na equipe dos EUA.

Glamour: Como vocês comemoraram a conquista do ouro por equipe no all-arounds?





Gabby Douglas: Nós meio que não tínhamos tempo. Tivemos mais competições. Comemoramos no estande!

Glamour: E quando os eventos de ginástica terminaram? Você comemorou então?

GD: Sim e não. Ainda estamos todos no Rio ... quando chegarmos em casa vamos comemorar muito.



Glamour: Então o quê? Treinar para Tóquio?

GD: Talvez. Primeiro a equipe vai para Nova York, depois o tour e depois uma pausa no treinamento.

Glamour: O que você espera fazer durante seu tempo de inatividade?



GD: Gosto de caminhar e brincar com meus cachorros e passar tempo com minha família. Saímos muito para jantares de família.

Gabby Douglas compete nas barras desiguais cariocas. |||

Glamour: Você e Aly Raisman são os únicos membros da equipe que já estiveram nas Olimpíadas. Você teve algum conselho para Madison Kochian, Simone Biles e Laurie Hernandez?

GD: Bem ... as outras meninas têm experiência. Eles têm competido em muitos palcos internacionais de classe mundial. Eles sabiam o que esperar e o que fazer e o que não fazer. Eu e Aly acabamos de lhes dar conselhos sobre o lado da mídia. Dissemos que vai ser uma loucura. São as Olimpíadas. Mas vai ser divertido!

Glamour: Você já pensou no que estaria fazendo se nunca tivesse começado a fazer ginástica? Indo para o ensino médio e a faculdade e ... apenas a progressão normal?

GD: Às vezes eu recuo e penso, uau, quem faz isso? Quem tem uma rotina no chão? Quem faz exercício todos os dias? Quem dá voltas no ar? Quem faz isso? Mas, ao mesmo tempo, é natural. Eu faço ginástica há 16 anos.

Com medalhas de vários jogos em seu nome, diríamos que esses anos valeram a pena.